4.06.2009

Leve


Eu poderia chamar-te adorável e não estaria mentindo. Mas mesmo assim faltaria nisso alguma verdade misteriosa, subtraída na simplicidade da fala.

Escolho não dizer-te, então, e uso o vento como palavra. Zuuum... Enquanto o carro corre, em meio ao dia que corre... e dentro de mim você também corre. Zuumm. ..a mil km por hora.

E te chamo assim de nomes que só existem em grandes velocidades. Inspiro e expiro - e faço acontecer palavras-ar na estrada.

Não sei bem se me escuta, mas quando abre as janelas só para bagunçar nossos cabelos, eu sei: também sabe.
... e Zuuum. Vamos.

16 comentários:

ju.perestrelo disse...

Ah o vento...
Adora mexer no nosso cabelo, atrapalhar a leitura do jornal, derrubar chapéus, inverter guarda-chuvas e - ocasionalmente - nos fazer flutuar.

Tchello Melo ou Marciano Macieira ou Tchellonious disse...

A verdade enigmática da palavra está no ar, fora da solidez da página que vira ao labor do vento.
Grato pela força no comentário... ;)

Marci Kühn disse...

Belíssimo texto. Gostaria de conseguir dobrar as palabras como usted.
beijos Cronópia

Cosmunicando disse...

zuuuuummmm... você disse tudo o que eu queria ter dito! rsrs
demais!

Ella disse...

bem leve...
essa ideia de correr com leveza, em angulos diferentes
=]
bom voltar por aqui

Thiago disse...

"O vento vai dizer lento o que virá". o vento vai vir pra suas palavras, doces e o ar, levar...
beijos

Clarice disse...

Leveza, Clara!
Zuuum, fui com suas palavras ... tão boas.
Venta palavra ... me leva também, voar com palavras ... Zuumm!

Flávia Muniz disse...

Uma identificação danada com a sua escrita....
bj

Clara Mazini disse...

"E um mar de áz azuis e uma canção verde."

Canção verde...

Poeta Mauro Rocha disse...

Ola! Passei apenas para desejar uma Feliz Páscoa.

Bernardo Sampaio disse...

vamos nessa.
vontade de viajar...

Rafael sem h disse...

"viver ou morrer, é o de menos
a vida inteira pode ser qualquer momento

e ser feliz ou não,é questão de talento...

LEVE a semente vai onde o vento leva,

a gente pesa,

por mais que invente, só vai onde pisa..."

ZUUUUMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM

primeira visita..meio apressada e por acaso... ; )

ParadoXos disse...

do bom ao muito bom - vai uma palavra - tua!

Samantha Abreu disse...

zum...
a velocidade...
é bela.

Rebecca Loise disse...

olha!
fazia um tempão que não vinha voar por essa banda.

tão bonita a sustentável leveza, Clara!

corpo visível disse...

.
gosto destes nomes que só existem em grandes velocidades. a sério que sim. risos.
.